Symphony of the night

Castlevania Requiem

Castlevania Requiem, tudo que você precisa saber

1280 720 ED!

De repente me deu uma vontade desgraçada de comprar um PS4. E não é pelo God of War ou pelo Homem Aranha. Mentira, é um pouco sobre eles também, mas principalmente porque a Konami anunciou o Castlevania Requiem, que é uma coletânea de dois jogos, um é um dos melhores jogos de todos os tempos, o Castlevania Symphony of The Night, e o outro é um jogo que muito pouca gente teve acesso, já que saiu só para o PC Engine no japão e hoje custa um braço e uma perna de quem quiser jogar o original, que é o Rondo of Blood.

O lançamento está previsto para o dia 26 de outubro de 2018 e será exclusivo para PS4. Eu fiquei muito entusiasmado mesmo não tendo um PS4. Teve um amigo meu que me disse o seguinte: “Sem querer parecer chato, mas não entendo o motivo da felicidade geral destes jogos estarem sendo lançados para as novas plataformas, já que afinal eles continuam existindo nas antigas. “ e eu tive que responder “Eu fico feliz pq acho que todo mundo merece ter acesso a um dos melhores jogos do universo sem precisar entregar um rim ou o toba no processo”.

Minha história com Castlevania é antiga, vem lá de 1987 com o Vampire Killer no MSX. Foi um dos motivos que me levou a ficar fascinado pelos jogos da konami e virar colecionador. E não vou negar, eu gostava bastante de Castlevania, mas foi com Symphony of The Night que tudo mudou. Esse jogo entrou para minha lista de melhores jogos de todos os tempos faz tempo e nunca mais saiu. Eu gostei tanto que já comprei o jogo múltiplas vezes. E agora está me dando siricutico para comprar mais uma. E nem o console eu tenho.

Sei que você deve estar empolgado com a leitura, só queria te avisar que esta matéria também está diponível no youtube, na real está logo abaixo desse parágrafo ;)

Symphony of The Night é de 1997, originalmente saiu para o Sega Saturn e para o Playstation. É a obra prima do mestre Koji Igarashi, que agora está trabalhando no Bloodstained: Ritual of the Night, que é um sucessor espiritual do Symphony of The Night. Nunca entendi o que isso quer dizer exatamente. Repara que é um termo muito comum para quem quer abre aspas se inspirar em trabalho dos outros fechas aspas para criar alguma coisa muito parecida sem pagar os devidos direitos. A vida é engraçada desse jeito. Mas não culpo o cara, a konami a muito desistiu de fazer jogos de verdade.

Mas voltando para o Castlevania Requiem, o outro jogo é o Rondo of blood de 1993. Talvez você tenha jogado uma versão capada dele digamos assim no super nintendo que se chama dracula x. Mas não se engane, a versão original do PC Engine é muito superior. Não é um complexo como o Symphony, é mais parecido com o estilo do Castlevania original, mais ação de plataforma do que um jogo de exploração, embora também tenha alguns caminhos diferentes que você pode seguir.  

Castlevania Requiem já está em pré-venda na Playstation Store por 20 dólares. Eu compraria. Ele será emulado claro, já com alguns gráficos refeitos para 1080p e 4k, além de troféus para quem liga para isso. Quem não tem PS4 como eu e quer jogar Symphony of the night, ele está disponível tanto para PS3 quanto x360. Fora isso vai ter que apelar para os jogos originais ou os não tão originais assim. Mas essa é somente uma opinião, eu quero saber a sua, está empolgado com esse lançamento? Gosta de Symphony of the Night? Pretende comprar? Deixa tua resposta aí nos comentários que eu leio e respondo tudo. Se curtiu manda aquele like e compartilha com os amigos, só clicar no botão share e mandar para o facebook, tinder, twitter, orkut.

Não deixe de se inscrever no nosso canal no youtube e de nos seguir no insta @apertestartoficial.

Eu sou o Ed, e até amanhã.