Plágio

Como destruir sua carreira jornalística gamer

1280 720 ED!

Tem um assunto aí que balançou a internet, pelo menos no que diz respeito ao mundo gamer e aos youtubers, e colocou a IGN, uma das maiores publicações do mundo gamer numa saia justíssima, e foi praticamente um manual de como destruir sua carreira jornalística.

Filip Miucin, um editor da IGN, foi pego com as calças a meio pau plagiando descaradamente um review do jogo Dead Cells (Nintendo Switch) do youtuber BoomStick Gaming. E não dá nem para falar que Filip Miucin se “inspirou” no trabalho do BoomStick, o cara teve a cara de pau de copiar a estrutura toda do review alterando umas palavras aqui e ali e publicou como se fosse sua.

BoomStick Gaming não é um canal grande como a IGN, na ocasião tinha pouco mais de 10 mil inscritos, que já é uma audiência significativa. No mesmo dia em que Filip publicou seu plágio pela IGN, começou a pipocar mensagens no inbox do BoomStick sobre a cópia. Ele fez um vídeo comparando os dois reviews, e quando você assiste fica evidente a cópia sem vergonha do trabalho dele.

Resultado, Filip foi sumariamente demitido e o review saiu dele saiu do ar. Mas a história não terminou por aí. Logo ele resolveu fazer aquele vídeo resposta padrão para explicar a situação do lado dele. Ele próprio se encarregou de remover esse vídeo do youtube porque teve péssima recepção. Filip sequer se desculpou por roubar o trabalho do BoomStick Gaming, que na real era a primeira coisa que ele teria que ter feito. Mas não, ele se vitimizou, disse que foi tudo não intencional. Alguém poderia acreditar nele, mas após esse caso do Dead Cells surgiram pelo menos mais uma dúzia de outros casos de plágio, o que me leva a crer que o cara construiu uma carreira sendo uma fraude. Ou fralda, deixo você escolher qual termo se aplica melhor nesse caso.

Impressionante que em 2018 alguém acha que pode copiar o trabalho de outra pessoa na internet achando que ninguém vai descobrir. Caso muito semelhante aconteceu com uma youtuber brasileira chamada Satty, que plagiou o trabalho de um youtuber gringo, foi pega, negou tudo, sumiu, voltou, enfim.

E foi assim que Filip Miucin obliterou sua fake carreira no mundo jornalístico gamer. A internet é como o Sauron, o olho que tudo vê e não perdoa gente sem vergonha.