E3

Como o PS4 venceu essa geração. A E3 de 2013.

Como o PS4 venceu essa geração. A E3 de 2013.

1280 720 ED!

Estamos do meio para o fim dessa atual geração de videogames, e alguém discorda que o PS4 venceu essa geração? Certamente alguns irão discordar, mas os números não mentem. Mas como a Sony conseguiu esse feito saindo de uma situação bem desfavorável com o Playstation 3? Tudo aconteceu naquela E3 de 2013, e o Aperte vai contar para você.

Antes de mais nada se você não sabe o que é a E3, ela é, ou foi pelo menos o maior evento sobre videogames do planeta. Todas as empresas grandes, todas as novidades, todos os lançamentos rolavam nela. Hoje já perdeu bastante relevância, mas vamos voltar até 2013 quando ela estava ainda em sua plenitude.

Microsoft vinha cheia de moral com o xbox 360, dá para dizer que com esse console ela se consolidou no mercado dos games, foi líder durante boa parte da geração até a Sony se acertar e empatar o jogo no finalzinho. Alguém se lembra da diarréia explosiva que foi a apresentação da Microsoft  na e3 de 2013? Havia muita expectativa sobre o novo xbox, qual seria o nome, e o que ele traria de novo. Hoje sabemos que as repostas para essas perguntas decepcionaram muita gente. Xbox One, TV TV TV TV, Kinect mandatório, always online, sem jogos usados e tudo isso por 500 dólares.O conceito era um console focado para a sala, com entrada de TV a cabo e capacidade de gravar seus programas favoritos, acompanhado de comandos de voz e gestos que funcionavam metade do tempo. E até rodava jogos. Fora a figura nefasta de Don Matrick com uma declaração infeliz depois da outra.

Eu sei que você deve estar entretido com a leitura, mas só quero avisar que essa matéria também está disponível no youtube em nosso canal. Na verdade o vídeo já está abaixo deste parágrafo.

Já a Sony havia começado a geração do PS3 toda cheia de si movida pelo sucesso avassalador do PS2. Mas o começo do PS3 foi desastroso também. Com o modelo mais barato custando 500 e o mais caro 600 dólares, e com um processador Cell alienígena que ninguém conseguia usar direito, levou mais da metade de uma geração para cair no gosto do povo e recuperar o espaço perdido para o xbox 360. E a expectativa pelo PS4 só aumentou após o desastre da Microsoft e havia muito receio que a Sony embarcasse nas mesmas políticas insanas dela. Mas felizmente o oposto disso aconteceu. Playstation 4 custando 399, sem restrições a jogos usados e sem conexão a internet mandatória. A plateia veio abaixo. Não satisfeita, a Sony fez questão de humilhar a Microsoft e fez um vídeo de demonstração de como era compartilhar os jogos no PS4 com ninguém menos que Shuhei Yoshida e adam boyes. E isso fechou o caixão da Microsoft.

Após a apresentação da Sony, da repercussão ultra negativa e do baixíssimo interesse do consumidor nas pré-vendas, a Microsoft se viu obrigada a reverter todos seus planos para o Xbox one para tentar se redimir perante aos seus fãs. Naquele mesmo ano de 2013, Don Mattrick deixou a Microsoft e em seu lugar veio Phil Spencer, o cara que literalmente fez de tudo para tentar reverter a imagem negativa do Xbox One. E conseguiu, pelo menos parcialmente. Ele transformou o Xbox One em um videogame novamente, matou o kinect, baixou o preço do console e focou em jogos, e quem é que iria imaginar que o consumidor gostaria dessas coisas? Qualquer um, menos o Don Mattrick.

Ah Ed você não vai falar nada da Nintendo? Vou sim. Naquele ano de 2013 a Nintendo abandonou as apresentações na E3 e passou a fazer as Nintendo Directs, que são apresentações pré-gravadas. Desde então não houve mais apresentações ao vivo da Nintendo na E3, pelo menos nada na escala de grandeza de sony ou microsoft. Mas como curiosidade naquele ano ela anunciou Super Smash Bros. for Wii U, Mario Kart 8 Super Mario 3D World Donkey Kong Country: Tropical Freeze The Legend of Zelda: A Link Between Worlds The Legend of Zelda: The Wind Waker HD X Bayonetta 2  e Pikmin 3.

Eu sou da opinião que a E3 de 2013 definiu o vencedor da geração assim que a Sony terminou sua conferência. As vendas do PS4 chegaram a ficar 4 para 1 durante um bom tempo e mesmo depois de todo esforço do Phil Spencer e da Microsoft, de nada adiantou no que diz respeito a tentar brigar pela liderança nas vendas. Até o momento o PS4 vendeu aproximadamente 82 milhões de unidades contra 38 milhões do Xbox One, praticamente 2 PS4 para cada Xbox 1. E nessa geração eu acho impossível esse cenário sofrer qualquer alteração relevante, então para mim, essa a Sony levou com certa facilidade e varreu o chão com a concorrência.

Mas essa é apenas a minha opinião, quero saber o que você pensa sobre isso tudo. Você acompanhou essa e3? Você esperava por essa dominância da Sony do início ao fim da geração? Me conta aí nos comentários que eu leio e respondo tudo. Se curtiu deixa aquele like e compartilha com os amigos, é moleza, só clicar no botãozinho share ao lado escolher uma rede social.

Não deixe de se inscrever no nosso canal no youtube e de nos seguir no insta @apertestartoficial.

Eu sou o Ed, e até amanhã.