dezembro 3, 2016
Flash Cart para Neo Geo AES

Esse é o flash cart que eu mais aguardava, confira os detalhes no DGDC NEWS!

» Leia mais
Apertando…Rogue One
Rogue One é um filme do Universo Star Wars que tentar explicar alguns mistérios e amarrar alguns eventos da história principal.

Apertando…Rogue One

Vale a Pena?
Magnificamente escrito por ED! em 27-12-2016! Uuhuuu!

Amigos apertadores, aproveitei a promoção de segunda feira onde todo mundo paga meia e fui assistir Star Wars Rogue One. Será que valeu a pena?

Para quem ainda não assistiu o filme, recomendo. É um Star Wars com personagens diferentes, com uma perspectiva diferente da história. O filme mostra a guerra de forma mais crua e tenta esclarecer algumas coisas do universo Star Wars que até então não tinham explicação. É um filme divertido sem dúvida, mas não estava livre de problemas. Problemas que eu quero discutir em mais detalhes, mas que não tem como fazer isso sem dar SPOILERS, então meu caro amigo apertador, daqui em diante esteja avisado que é território de SPOILERS.

Último aviso de SPOILERS.

Ok, foram devidamente avisados sobre SPOILERS.

Inevitável

O primeiro grande problema é a obviedade do final da história de Rogue One. Isso é algo que eu tinha esperança que fosse surpreender de alguma forma, mas nada feito. Acompanho o universo Star Wars de forma moderada e conheço bem a história principal. Leio alguma coisa do universo fora das telonas. Eu pelo menos não conhecia nenhum dos personagens principais de Rogue One, ou pelo menos não me lembrava de ter ouvido falar de nenhum deles nos outros filmes da saga.

Com isso em mente, a primeira conclusão que cheguei assim que o filme começou é que todo mundo vai morrer no final. Tinha uma nova esperança (kkk) que alguém escapasse, mas não, vai todo mundo para o saco. Mas o que importa é a jornada e não o destino. Dizem. Quem disse isso? Não sei. Mentira deslavada, mas no caso de Rogue One talvez seja verdade. É preciso lembrar que os eventos de Rogue One antecedem diretamente o episódio IV, então em linhas gerais já sabemos o que acontece. O que resta a Rogue One é explicar os detalhes e as origens de algumas coisas usando personagens desconhecidos. E nesse ponto, o filme cumpre a missão. Cada um pode gostar ou não das explicações, mas o filme pelo menos oferece coerência.

Tudo tem explicação

Algo que por muito tempo insultou a inteligência do expectador desde o primeiro Star Wars foi aquela pergunta “Como apenas um tiro só destrói a Estrela da Morte, a arma mais poderosa das galaxias?” A resposta que Rogue One dá é que o engenheiro da Estrela da Morte percebe a merda que fez criando uma arma tão monstruosa, tem uma crise de consciência e esconde uma falha no projeto propositalmente, e dá um jeito de avisar a aliança rebelde desse fato. O filha desse engenheiro é a protagonista de Rogue One, e o filme todo é a galera tentando conseguir os planos de construção da Estrela da Morte. E como sabemos, esses planos eventualmente chegam as mãos da Princesa Leia Organa.

O filme também conta porque o Império ataca os templos Jedi. O motivo são os cristais Kyber, aqueles mesmos que são usados dentro dos sabre de luz, também são usados no core da Estrela da Morte. Achei essa explicação melhor que a falha no projeto da Estrela. Agora pensa comigo, esses cristais já eram raros antes do Império iniciar a coleta em massa. Imagino que uma Estrela da Morte deve usar uma tonelada deles por vez. Houveram duas Estrelas da Morte, e ambas destruídas levando junto todos os cristais. Que pecado.

Computador demais faz mal

Falando em pecado, se por um lado Rogue One da show nos efeitos visuais, por outro… Dois personagens famosos ganharam versões 100% computação gráfica, entenda-se Princesa Leia Organa e General Tarkin. Não ficou bom. Na verdade ficou ruim demais, muito artificial. E sobre os personagens, note que não estou mencionando nomes. É que não tem milagre, como fazer o expectador se interessar por personagens com data de validade vencida em pouco mais de duas horas? Missão ingrata. Os personagens não são ruins, mas são rasos. Rogue One é um filme contido em si mesmo, não dá tempo para se importar com eles, menos ainda sabendo que todo mundo morre. Eu pelo menos não consegui me conectar com ninguém.

Missão cumprida

Mas Rogue One também tem seus méritos. Cenários belíssimos e muita ação. Visualmente é muito interessante e consegue contar uma história Star Wars sem os Skywalkers ou até mesmo Jedis. Darth Vader faz algumas aparições aqui e ali, R2D2 E C3PO dão as caras por alguns segundos. Não é um filme excelente, mas é um filme muito divertido. Acho que vai agradar mais quem não é fanático por Star Wars do que o contrário. Eu me surpreendi positivamente, a missão dele era complicada mas do meu ponto de vista Rogue One mandou bem, saí do cinema com uma impressão mais positiva do que em o Despertar da Força.

Portando amigo apertador, Rogue One é um filme recomendado. Pegue uma pipoca média e vá assistir no cinema, diversão garantida. E depois volte aqui e me conte o que achou de Rogue One. E se já assistiu, me conte também.

Você chegou até aqui, e agora?

Apertador de verdade não lê uma materiazinha e vaza! Tem muito mais coisa para fazer. Você pode:

Seguir o Aperte nas redes socias ajuda muito! Grato!

Sugerir o tema da próxima matéria

E se eu usar sua sugestão você vai ser recompensado. Você pode enviar sua sugestão aqui.

Participar da Promoção que o aperte fez com a warpzone

A warpzone é a maior publicação retrogamer do Brasil! Que tal ganhar R$100 + frete grátis para gastar na Loja Warpzone? Promoção por tempo limitado! Participe, é moleza! Saiba como aqui.

E ainda ler um monte de outras matérias:

  • Jorge Miashike

    Belo review, apertei o like e compartilhando em todas as redes.

    • ED!

      amiegan, assim esse velho coração hipertrofiado fica repleto de alegria kkk

  • Helder.

    eu acho que eu ri mais na hora que eu Li
    “Tio Bill entrou na câmara criogênica” hauiahauihauihaiuHIUAHIUAH.
    Muito bom o apontamento até mesmo porque os Japoneses com esse nacionalismo acabam deixando de participar de muitas coisas valorosas ao redor do Mundo.

    abraço Ed.

  • Juliano Coelho

    Quem manda ir na casa dia outros se achando…

© 2014-2016 Aperte-Start.Net • SITE DESIGN: EDPEIXOTO.COM
FECHAR